texas-moody

Paola Nalvarte

Paola Nalvarte is a Peruvian journalist and documentary photographer living in Austin, Texas. She focuses on covering and writing about the Andes region. In Peru, Paola worked in the Lima office of the Italian news agency ANSA, on the economic news desk of the daily Expreso, and for ten years she has been working on different editorial projects doing picture editing and research for one of the oldest Spanish-language papers in the world, the Peruvian newspaper El Comercio. She also enjoyed writing for the newspaper weekly magazine Somos.

Paola Nalvarte es una periodista y fotógrafa documental peruana que vive en Austin, Texas. El foco de interés de su cobertura noticiosa es la región andina. En Perú, Paola trabajó en la oficina de Lima de la agencia italiana de noticias ANSA, en la sección de economía del diario Expreso y por diez años hizo investigación fotográfica y edición de fotografía editorial en el diario decano de la prensa peruana, El Comercio. También escribió para Somos, la revista semanal del mismo diario​, artículos sobre medio ambiente y cultura.

Paola Nalvarte é uma jornalista peruana e fotógrafa documentarista que vive em Austin, Texas. O foco de interesse da sua cobertura jornalística é a região andina. No Peru, Paola trabalhou no escritório de Lima da agência de notícias italiana ANSA, na seção de economia do jornal Expreso e, por dez anos, fez pesquisa fotográfica e edição de fotografia editorial para um dos jornais em espanhol mais antigos do mundo, o jornal peruano El Comercio. Ela também escreveu artigos de meio ambiente e cultura para a Somos, a revista semanal do mesmo jornal.

Artigos recentes

Juiz federal condena homem envolvido no assassinato da jornalista mexicana Miroslava Breach

Após uma série de adiamentos no julgamento, um tribunal federal considerou um dos co-autores materiais culpado pelo assassinato da jornalista Miroslava Breach

Darvinson Rojas

Policiais prendem jornalista venezuelano que informou sobre a situação COVID-19 no país

A casa do jornalista venezuelano Darvinson Rojas foi invadida e ele foi detido por agentes das Forças de Ação Especiais (FAES) da Polícia Nacional Bolivariana (PNB) em 21 de março, em Caracas.

AP microsite

COVID-19 toma conta das manchetes e desafia jornalismo latino-americano a ser mais criativo e acessível

Muitos meios de comunicação que adotam paywalls, ou limitam parte de seu conteúdo assinantes, abriram acesso ao público em geral para toda a sua cobertura diária do COVID-19

Marcha por el 8M

Mulheres jornalistas fazem manifestações por direitos iguais e contra violência de gênero na América Latina

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, milhares de mulheres, incluindo jornalistas, tomaram as ruas das principais cidades do México, Brasil, Argentina e Chile.

Yariel Valdes Gonzalez

Jornalista cubano que obteve asilo nos EUA é liberado de centro de detenção após ICE perder recurso

Na quarta-feira, 4 de março, o jornalista cubano Yariel Valdés González (29) foi libertado, depois de passar quase 12 meses em diferentes centros de detenção do Serviço de Imigração e Alfândega dos EUA (ICE, na silga em inglês).

Voces en el Paredon

Venezuela tem mais violações da liberdade de expressão em 2019 do que nos últimos oito anos

O ano de 2019 foi o de "maior retrocesso histórico" em relação à deterioração da liberdade de informação e de expressão na Venezuela, afirmou o Instituto Imprensa e Sociedade (IPYS) Venezuela.

Javier Valdez

Quase três anos após o crime, um dos assassinos do jornalista mexicano Javier Valdez foi condenado

O homem que admitiu ter participado do assassinato do jornalista investigativo mexicano Javier Valdez, morto a tiros em 15 de maio de 2017, recebeu uma sentença de 14 anos e oito meses de prisão.

El diario El Universo

Corte IDH admite caso do jornal El Universo contra Estado do Equador após sentença criminal por injúria em 2012

A Corte Interamericana de Direitos Humanos (Corte IDH) decidiu admitir o caso do jornal El Universo contra o Estado do Equador.

Posters protesting the feminicide of Ingrid Escamilla

Cobertura de feminicídio atroz no México desencadeia debate sobre como a imprensa deve cobrir assassinatos de mulheres

Ingrid Escamilla, 25, foi brutalmente assassinada na Cidade do México, no bairro de Vallejo, em 9 de fevereiro. Seu corpo foi mutilado. No dia seguinte, fotos dos seus restos mortais foram publicados nas primeiras páginas do jornal La Prensa e do tabloide Pásala. Este último colocou no título "A culpa foi do Cupido".

Bolivia

Jornalistas independentes da Bolívia enfrentam polarização social após a saída do ex-presidente Evo Morales

A polarização persiste na Bolívia após a renúncia e saída do país do ex-presidente de esquerda Evo Morales e o estabelecimento do governo de transição conservador da presidente interina Jeanine Áñez. Os jornalistas que permanecem no país precisam lidar com essa situação de ajuste.