texas-moody

Jornal mexicano afirma que governo estadual usa redes sociais para difamar jornalistas

Um jornal mexicano do estado de San Luis Potosí revelou uma gravação de áudio na qual supostamente se ouve um membro do governo estadual ordenar a criação de contas anônimas nas redes sociais para contestar informações incômodas, segundo o diário Pulso de San Luis.

Um dia antes, o mesmo jornal havia informado que o governo estadual usa as redes sociais para perseguir jornalistas e meios de comunicação críticos, acrescentou o Embargo.

De acordo com o Pulso de San Luis, os ataques pararam quando a própria publicação divulgou uma lista de contas falsas de Twitter usadas para difamar e desprestigiar jornalistas.

Não é a primeira vez que a imprensa do México revela estratégias de políticos para contestar informações nas redes sociais. Na última campanha eleitoral, um vídeo no YouTube revelou como a equipe do candidato à Presidência Enrique Peña Nieto organizava um grupo de jovens para criar contas falsas no Twitter para contestar comentários negativos antes de um debate, informou a CNN México.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos