texas-moody

Argentina: trabalhadores de Clarín e Página/12 fazem greve de 24 horas

"O fechamento do acordo conjunto de imprensa assinado pelas câmaras empresariais e pelo Sindicato dos Trabalhadores da Imprensa de Buenos Aires (UTPBA) por 60% do salário básico não conseguiu apaziguar os ânimos da categoria. ... É que os trabalhadores do setor sofrem uma perda de poder aquisitivo que, a partir de maio deste ano, acumula queda de 48% em relação a janeiro de 2016. Somente em 2021 a queda do salário real atingiu 8,6%. O Página/12 vem liderando um plano de luta que já acumula 14 paralisações de 24 horas. Na terça-feira, 31, os trabalhadores do Clarín se uniram para rejeitar o acordo assinado pela UTPBA e exigir uma melhoria do que foi assinado."

Leia o artigo original (em espanhol)

 

More Articles