texas-moody

Assassino do jornalista paraguaio Pablo Medina é condenado a 36 anos de prisão

  • Fonte: Hoy
  • 3 dezembro, 2021

“O Tribunal de Júri, em Curitiba, Brasil, condenou o pistoleiro Flavio Acosta Riveros a 36 anos de prisão pelo assassinato do jornalista paraguaio Pablo Medina e sua auxiliar Antonia Almada, ocorrido em 2014. (...) Pablo Medina e seus auxiliares foram emboscados e morto em 16 de outubro de 2017, em Villa Ygatimí, departamento de Canindeyú. O ato foi uma retaliação às denúncias de tráfico de drogas que Medina vinha fazendo contra Vilmar Acosta, que ordenou seu assassinato."

Leia o artigo original (em espanhol)

 

 

Mais artigos