texas-moody

Censura no Uruguai: investigações do Sudestada são removidas do mecanismo de busca do Google

“Duas investigações jornalísticas publicadas pelo Sudestada sobre a participação de escritórios de advocacia uruguaios em complexas estruturas internacionais de lavagem de dinheiro foram retiradas dos resultados de busca do Google, segundo a empresa, sem defesa prévia nem devido processo legal. Incapaz de se defender, o Sudestada apresentou-se em 19 de novembro um recurso de proteção perante a Justiça uruguaia, apoiado pelo advogado Matías Jackson e assessoria jurídica da Observacom.

A medida unilateral foi tomada pela plataforma poucos dias após a publicação dos 'Pandora Papers, uma investigação jornalística colaborativa mundial que revelou como políticos, empresários e outras pessoas influentes usam os paraísos fiscais para lavar dinheiro. Nessas revelações, de grande interesse público e impacto global, ramificações da investigação Sudestada foram censuradas."

Leia a história original (em espanhol)

Mais artigos