texas-moody

Estigmatização de jornalistas e bloqueio do acesso à informação: as violações mais frequentes à liberdade de imprensa até agora este ano na Bolívia

"O observatório do Sindicato Nacional de Instituições de Ação Social (Unitas) registrou 61 violações à liberdade de imprensa até este ano no país, das quais duas são as mais recorrentes: estigmatização de jornalistas e bloqueio de acesso à informação, ambos com 16 casos registrados.

Quatro outras violações recorrentes são ataques a jornalistas (15 casos), ameaças a jornalistas (sete), ataques a um meio de comunicação (quatro casos) e censura (três).

'Nos últimos meses, quem mais esteve envolvido em casos de estigmatização de jornalistas são ex-funcionários do governo, como Evo Morales, Álvaro García Linera e o ex-ministro Juan Ramón Quintana', segundo o relatório."

Leia o artigo original (em espanhol)

Mais artigos