texas-moody

Facebook fracassa no combate à desinformação eleitoral em meio às tensões que antecedem as eleições brasileiras, diz investigação

“Os autoproclamados esforços do Facebook para proteger a integridade eleitoral no Brasil não parecem estar surtindo resultados, revela nossa nova investigação, que concluiu que o Facebook não conseguiu detectar desinformação eleitoral em anúncios anteriores às eleições brasileiras de 2 de outubro de 2022. O ambiente no Brasil está tenso, e a crescente ameaça da desinformação – que prejudica os resultados das eleições e pode levar à violência – está prejudicando os processos de campanha.

É um padrão semelhante ao que verificamos em Mianmar, Etiópia e Quênia com relação à incapacidade do Facebook de detectar discurso de ódio em ambientes políticos voláteis. O que é diferente desta vez é que os anúncios possuem conteúdo totalmente falso (como a data errada da votação) e informações destinadas a desacreditar o processo eleitoral, o que prejudica a própria integridade das eleições no país.”

Leia o artigo original

Mais artigos