texas-moody

Governo do México investigou jornalista, perita e defensora que atuaram no caso massacre em San Fernando, revela Washington Post

“A então Procuradoria-Geral da República (PGR) investigou a jornalista Marcela Turati, a defensora Anla Lorena Delgadillo e a antropóloga Mercedes Doretti, que investigou o massacre de 196 vítimas encontradas em sepulturas clandestinas em San Fernando, Tamaulipas, segundo documentos judiciais obtido pelo The Washington Post.

Segundo o jornal americano, as autoridades obtiveram registros de suas ligações e mensagens de texto, além de um mapeamento de suas comunicações”.

Ler o artigo original (em espanhol)

Mais artigos