texas-moody

Jornalista Antonio de la Cruz é assassinado em Tamaulipas, México

“O jornalista Antonio de la Cruz foi baleado perto de sua casa na manhã desta quarta-feira [29 de junho]. Um familiar ficou ferido, segundo os primeiros relatos das autoridades. O repórter, que trabalhava há 15 anos no jornal Expreso na capital de Tamaulipas, Ciudad Victoria, tornou-se o 12º jornalista assassinado no país [em 2022]. E colocou este ano como o mais sangrento para a profissão desde que se tem registro. Até agora este ano, jornalistas foram mortos a uma taxa de dois por mês, quase sempre perto de suas casas ou locais de trabalho. Uma tragédia que nos lembra por que o México é o país mais letal do mundo para praticar a profissão, sem que nenhuma autoridade ponha fim à violência contra a imprensa”.

Leia o artigo original

Mais artigos