texas-moody

Jornalista é agredida enquanto cobria julgamento por feminicídio na Argentina

"Magalí Espósito, jornalista da LV 19, Radio Nacional Malargüe, [de Mendoza, Argentina] falou com o programa Muchas Gracias pela agressão que sofreu no tribunal de San Rafael quando cobria o julgamento pelo feminicídio da [adolescente] Nélida Villar.

A jornalista relatou como ocorreram as agressões enquanto fazia a cobertura na porta do Poder Judiciário de San Rafael, nas suas escadas, quando tentava captar imagens para ilustrar seu trabalho. Os agressores tentaram tirar sua câmera, e ela foi atacada verbal e fisicamente”.

Leia o artigo completo

 

Mais artigos