texas-moody

Jornalistas de todo o mundo enfrentam censura e repressão durante pandemia, diz alta-comissária da ONU

“A liberdade de imprensa é essencial para permitir sociedades democráticas, livres e participativas”, recordou a Alta-Comissária da ONU para os Direitos Humanos nesta terça-feira, durante um evento sobre liberdade de imprensa e expressão realizado em Genebra.

Michelle Bachelet destacou que o jornalismo enriquece a compreensão de todos os tipos de questões políticas, econômicas e sociais e que, no contexto da pandemia do coronavírus, serve para fornecer informações cruciais.

'Mas jornalistas em todo o mundo enfrentam censura, vigilância, repressão, intimidação e ataques físicos. Muitas vezes parecem ser perpetrados pelo crime organizado, grupos armados ou outros atores privados, incluindo empresas - mas também podem ser instigados ou tolerados por funcionários do governo', explicou."

Ler artigo original (Espanhol).

Mais artigos