texas-moody

Marca de 1,5 mil jornalistas mortos por Covid foi ultrapassada hoje, com Índia e Brasil no topo da lista

"A organização Press Emblem Campaign anunciou nesta segunda-feira (7/6) em Genebra que o número de jornalistas mortos por Covid-19 ultrapassou a marca de 1.500 no mundo, chegando a 1.503. O mês de maio foi o mais mortífero para a mídia desde o início da pandemia, com mais de 200 perdas, média de sete por dia.

Os países com a maior quantidade de profissionais de imprensa vitimados pela Covid-19 são a Índia, com 246, e o Brasil, com 239, seguidos por Peru (163) e México (112).

[...]

Com cinco países entre os dez mais afetados, a América Latina concentra mais da metade das mortes de jornalistas por Covid-19 em todo o mundo. Dos vinte países com maior número de mortes de jornalistas por Covid-19, dez são da região."

 

Leia o artigo original

More Articles