texas-moody

No Peru, o partido no poder se opõe à assinatura das declarações de Chapultepec e Salta pela liberdade de imprensa

“O Peru Libre emitiu um comunicado no domingo [26 de setembro] se opondo à assinatura do presidente Pedro Castillo das declarações de Chapultepec e Salta, que garantem a liberdade de expressão e de imprensa. Em 9 de setembro, foi informado que o Conselho de Imprensa do Peru (CPP) convidou o presidente a assinar os dois compromissos.

Em reunião no Palácio do Governo em 8 de setembro, a presidente do CPP, María Eugenia Mohme, e o diretor-executivo, Rodrigo Salazar, expressaram ao presidente Castillo a necessidade de respeitar e promover a liberdade de expressão e de imprensa em benefício da democracia peruana, tendo em vista os recentes ataques a jornalistas, as limitações que existem em seu trabalho diário e a violação de pelo menos cinco dos dez pontos da Declaração de Chapultepec pelo governo. " 

Leia o artigo original (em espanhol)

Mais artigos