texas-moody

André Duchiade

André Duchiade is a Brazilian journalist and translator based in Rio de Janeiro. André worked on the international politics desk at O Globo from 2018 to February 2023, and his stories have been published at The Scientific American, The Intercept, Época, and Agência Pública de Jornalismo, among others. He is also a former Media Fellow at the Global Public Policy Institute (GPPi) in Berlin.

André Duchiade es un periodista y traductor brasileño que vive en Río de Janeiro. André trabajó en la redacción de política internacional de O Globo entre 2018 y febrero de 2023, y se han publicado historias suyas en The Scientific American, The Intercept, Época y Agência Pública de Jornalismo, entre otros. También fue Media Fellow en el Global Public Policy Institute (GPPi) de Berlín.

André Duchiade é um jornalista e tradutor brasileiro que mora no Rio de Janeiro. André trabalhou como repórter na editoria de política internacional de O Globo entre 2018 e fevereiro de 2023, e suas matéria foram publicadas em The Scientific American, The Intercept, Época, Jornal do Brasil e Agência Pública de Jornalismo, entre outros. Ele também foi fellow de mídia no Global Public Policy Institute (GPPi) em Berlim em 2020 e 2021.

Artigos recentes

Woman at podium

Estratégias do Meduza para driblar a censura do Kremlin compartilhadas com o público do ISOJ

Galina Timchenko compartilhou no ISOJ como há 10 anos o Meduza consegue escapar da censura e da perseguição do Kremlin empregando técnicas muito diversas para isso, desde jornalistas trabalhando anonimamente até ferramentas sofisticadas que permitem a difusão de informações na Rússia.

Four people on stage

Press Forward, movimento que busca expandir o financiamento para o jornalismo local, é o tema do primeiro painel do 25º ISOJ

Painel no 25º ISOJ descreve como a iniciativa Press Forward está formando uma coalizão de doadores nos Estados Unidos para financiar o jornalismo local ao redor do país, com o objetivo de distribuir US$ 500 milhões em recursos ao longo dos próximos cinco anos.

Former Presidents of the United States, Donald Trump, and of Brazil, Jair Bolsonaro, shaking hands at the United Nations headquarters in New York in September 2019. Trump appears energetic and emphatic, while Bolsonaro smiles

‘Há uma afinidade estrutural entre a mídia e a comunicação populista’, diz cientista política Paula Diehl

A LJR entrevista a cientista política brasileira-alemã Paula Diehl, que há mais de 20 anos estuda a relação da mídia com o populismo. Segundo ela, simplificação, dramatizações e gosto por conflitos e escândalos aproximam lógicas do populismo e do jornalismo.

Viewed from behind, Fluminense fans wearing team shirts and some shirtless individuals are seen rushing towards a conflict. In the background, a group is engaged in a collective brawl outside Maracanã stadium in Rio de Janeiro

Violência de torcedores de futebol traz mais um risco para jornalistas na América Latina

Casos de espancamentos, agressões e ofensas de torcedores contra jornalistas têm se multiplicado em muitos países da América Latina. Por trás dos ataques, podem estar novos códigos de conduta entre torcedores violentos e uma intolerância profunda à diferença.

Photo of a middle aged man wearing a blue shirt against the national flag of Brazil

Jornalistas que criticam governador do Mato Grosso enfrentam processos e investigações; STF intervém

18 jornalistas enfrentam ações na Justiça em Mato Grosso após publicarem sobre o governador do estado, Mauro Mendes. Eles argumentam que o aparato policial e judiciário do estado está sendo utilizado para calar vozes que publicam informações desfavoráveis ao governo. Uma decisão do Supremo Tribunal Federal desta semana reforça o que dizem.

A photo montage featuring Continente and Pernambuco magazines. The newer issues are displayed in the front, while the older ones are positioned in the background

Longevas e de cara nova, revistas Continente e Pernambuco mostram potencial e desafios do jornalismo com apoio público no Brasil

Com alcance nacional e sem paralelo no país, as revistas Continente e Pernambuco passaram por reformas recentemente. Financiadas por uma editora que pertence ao governo estadual pernambucano, as publicações, com 24 e 37 anos de vida, são exemplos bem-sucedidos de um modelo de jornalismo cultural financiado pelo Estado, mas não estão isentas de críticas.

Na imagem, dois imponentes carros alegóricos desfilam enquanto pessoas fantasiadas dançam entre eles. Ao longo das laterais, espectadores assistem ao desfile animadamente das arquibancadas. Ao fundo, destaca-se o monumento da Apoteose

Como cobrir o Carnaval? Jornalistas especializados dão dicas e alertas

Maior evento popular brasileiro, o Carnaval envolve desde dinâmicas sociais que com frequência são invisibilizadas, até exigências físicas particulares. A LJR conversou com jornalistas especializados no assunto atrás de conselhos sobre como cobrir a folia.

): Ismael Nafría, Spanish author, journalist, and consultant, holding a copy of his new book "Clarín, updated' wearing a blazer on the street

7 lições de como o Clarín, da Argentina, virou o jornal em espanhol com mais assinantes digitais no mundo

Em um novo livro, o pesquisador espanhol Ismael Nafría descreve como o diário argentino Clarín alcançou mais de 500 mil assinantes digitais em menos de seis anos. O estudo é repleto de dicas práticas para profissionais da comunicação, e aqui apresentamos algumas delas.

"Retrato de Santiago Marino, pesquisador de mídia argentino, usando um suéter azul; acima de seu nome está escrito "Cinco Perguntas"

‘O problema de Milei é com os jornalistas, não com a imprensa em si’: 5 perguntas para o pesquisador argentino Santiago Marino

Ao estilo de Trump e Bolsonaro, o novo presidente da Argentina, Javier Milei, emprega uma retórica abertamente hostil à imprensa. Desde que assumiu, esse discurso foi acompanhado por medidas concretas, como suspensão das publicidade do Executivo na mídia. A LatAm Journalism Review entrevistou Santiago Marino, um destacado pesquisador argentinos em políticas de comunicação, para entender a relação do governo Milei com o jornalismo e as políticas públicas de comunicação na Argentina.

Escultura criada em 1961 pelo artista mineiro Alfredo Ceschiatti, esculpida em um bloco monolítico de granito de Petrópolis, com 3,3 metros de altura e 1,48 metros de largura, representando o poder judiciário como uma mulher de olhos vendados segurando uma espada. A venda nos olhos simboliza a imparcialidade da justiça, enquanto a espada representa a força, a coragem, a ordem e a regra necessárias para impor o direito.

A mídia é responsável pelas opiniões dos seus entrevistados? Decifrando a decisão do STF

O Supremo Tribunal Federal decidiu em novembro que, quando um meio de comunicação publica uma entrevista que contém uma informação falsa, a responsabilidade jurídica sobre aquela informação pode recair sobre o veículo. Em um contexto de vazio jurídico e de crescente assédio judicial no Brasil, a decisão preocupa especialistas.