texas-moody

Brasil ganha mapa na internet para registrar casos de corrupção

Inspirada nos inúmeros protestos na Espanha que, desde março, pedem mudanças no sistema eleitoral e econômico no país, a cineasta Raquel Diniz, 31, criou um mapa colaborativo para listar casos de corrupção no Brasil, informa a Folha de S. Paulo.

Lançado em 24 de maio, o Mapa da Corrupção está hospedado no Google Maps e segue os moldes da Wikipédia, ou seja, qualquer um pode colaborar enviando informações. Deve-se, no entanto, ter cuidado para não incriminar alguém injustamente com informações erradas, destaca o Globo.

Diniz afirma acreditar na força mobilizadora da internet, em especial das redes sociais, e espera que o mapa ajude a melhorar a pouca memória que o brasileiro tem da corrupção. “É uma tentativa de fazer com que as pessoas vejam o mapa e não votem nos corruptos. Os políticos corruptos só continuam no poder porque eles ganham votos”, conta, citada pela Folha.

O coordenador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Marlon Reis, elogiou a ferramenta que, segundo ele, é inteligente e útil aos direitos de liberdade de expressão.

Em fevereiro deste ano, iniciativa semelhante foi lançada no Panamá, com o Meu Panamá Transparente. A ferramenta é um mapa digital online, alimentada com informações dos próprios cidadãos sobre crimes e corrupção no país.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles