texas-moody

Jornalista é baleado enquanto distribuía jornal na região metropolitana de São Paulo

O jornalista Evaldo de Oliveira, de 49 anos, foi baleado enquanto distribuía um jornal local na noite de 26 de setembro, em Franco da Rocha, cidade na região metropolitana de São Paulo.​

O jornalista foi levado para um hospital, e seu estado de saúde é estável, segundo a rádio CBN. Moradores de Franco da Rocha afirmaram, ao canal de TV SBT, que Oliveira vinha recebendo ameaças há quatro meses e, por isso, já havia registrado pelo menos dois boletins de ocorrência.

Um amigo da vítima disse que Oliveira é o dono do jornal Voz das Cidades, onde também escreve matérias, segundo a TV Band.

O jornalista teria iniciado um trabalho de denúncias no jornal, ainda de acordo com a emissora. "Ele passou a incomodar muita gente", afirmou um conhecido, na reportagem.

“Ele denuncia as situações que desfavorecem a população em Franco da Rocha e em outras cidades também”, disse um amigo, ao canal de televisão. Ele contou também que fez a distribuição do jornal junto com Oliveira, no dia do ataque. “Começamos a sofrer ameaças durante o dia, o pessoal filmando a gente”, disse à TV Band, sobre terem sido fotografados e gravados durante o trabalho.

Testemunhas afirmam que Oliveira estava na frente de uma farmácia quando dois suspeitos se aproximaram, de acordo com o SBT. Um dos homens teria descido da moto e atirado no jornalista. Os agressores fugiram sem roubar nada, segundo a reportagem.

De acordo com a CBN, a polícia fez buscas pelos suspeitos, mas ninguém foi encontrado. As motivações do crime são desconhecidas.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog Jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos