texas-moody

Na Argentina, jornalista fecha sua emissora de rádio após receber diversas ameaças

Após receber ameaças durante mais de um mês, um jornalista da Argentina decidiu fechar a rádio da qual era dono havia seis anos, informou o La Nación. A FM Radio U, de Daniel Polaczinski, transmitia a partir de Aristóbulo del Valle, na província de Misiones, acrescentou o jornal.

Embora a maiorias dos telefonemas tenha sido anônimo, foi possível identificar um número como sendo do presidente do Conselho Deliberativo Local, Luis Daniel Kochen, informou o Foro de Periodismo Argentino (Fopea).

Diante disso, o Polaczinski apresentou denúncia contra Kochen. Kochen admitiu que o telefone era seu, mas disse não ter sido o autor das ligações e pediu a Polaczinski que retirasse as acusações, informou o portal Misiones Online. O dono da emissora não o fez.

O Fopea pediu às autoridades que garantam o fim das ameaças e a segurança de Polaczinski e sua família, permitindo que ele volte a trabalhar.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog Jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos