texas-moody

Nova campanha pede que presidente mexicano garanta segurança de jornalistas

A organização Artigo 19 iniciou uma petição online para pedir ao presidente do país, Enrique Peña Nieto, que promova ações pela proteção de jornalistas, informou o diário Periódico Central.

Com a campanha, batizada de Impunidad Mata (Impunidade Mata), a organização quer chegar a um milhão de assinaturas antes de 29 de abril de 2013, para pedir que o mandatário conceda a uma promotoria especial a autoridade para “cumprir seu objetivo de proteger os jornalistas mexicanos, assim como o direito da sociedade à informação”, diz a petição.

Em 2006, em resposta à onda de violência contra a imprensa, o governo do então presidente Vicente Fox criou a Promotoria Especial para a Atenção aos Crimes contra a Liberdade de Expressão (Feadle, pelos iniciais em espanhol), com o objetivo de “gerar um círculo de proteção (...) que possa frenar o dramático crescimento de violência contra os jornalistas”, disse a revista Eme Equis.

A Artigo 19 diz que essa promotoria “poderia levar à verdade, à Justiça e à reparação nos casos de agressões graves aos jornalistas”, mas as limitações na estrutura legal, nos recursos e na sua autonomia impede que isso aconteça. A organização acha que a situação poderia se mudar com uma atitude do presidente.

A petição pode ser assinada no site Change.org.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog Jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos