texas-moody

Rafael Correa alerta presidente eleito do Peru sobre problemas com "imprensa corrupta" do país

O presidente do Equador, Rafael Correa, parabenizou Ollanta Humala pela vitória na disputa persidencial no Peru e o alertou para possíveis problemas futuros com o que chamou de "imprensa corrupta" do país, informou a EFE.

"Tomara que eu esteja errado, mas vocês vão ver como a imprensa corrupta do Peru não vai deixá-lo em paz", disse Correa, acrescentando: "Já vamos ver" como estava certo o escritor peruano Mario Vargas Llosa, que acusou o jornal El Comercio de apoiar a candidata Keiko Fujimori durante a campanha, segundo a Associated Press.

O presidente equatoriano também questionou por que organizações internacionais de imprensa, como a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), não se pronunciaram sobre a posição de Vargas Llosa.

Correa mantém uma tensa relação com a imprensa de seu país e, como lembra a EFE, frequentemente critica certos veículos privados, aos quais também se refere como "imprensa corrupta".

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles