texas-moody

Ataques contra jornalistas e defensores dos direitos humanos aumentaram no México

“A incorporação de jornalistas e defensores dos direitos humanos no Mecanismo de Proteção para diversas queixas aumentou 88,7% até o momento durante o governo do presidente Andrés Manuel López Obrador.

No início do governo, em dezembro de 2018, 798 estavam cadastrados, agora são 1.506, dos quais 495 são jornalistas e 1.011 são defensores dos direitos humanos, informou nesta terça-feira [out. 5] o chefe da Unidade de Direitos Humanos da Secretaria do Interior, Enrique Irazoque Palazuelos. ”

Leia o artigo original (Espanhol)

Mais artigos