texas-moody

Na Argentina, duas jornalistas denunciam abuso sexual em cobertura de eleições em Tucumán

“Duas jornalistas argentinas denunciaram que, durante a cobertura das eleições na Casa de Governo da província de Tucumán, foram vítimas de abuso sexual. Segundo os relatos, o primeiro ataque ocorreu em 12 de setembro durante as Primárias Abertas Simultâneas e Obrigatórias (PASO) e o segundo, em 14 de novembro.

Uma delas é Carolina Ponce de León, jornalista da Radio Universidad. Ela disse que, no domingo, foi encurralada por três estranhos. 'Coloquei minha bolsa entre as pernas para atrasá-los um pouco. Então, o anel de uma dessas pessoas ficou preso em um gancho da minha bolsa. Eu estava com tanta vergonha da situação que queria chegar aonde meus colegas estavam. Eles perceberam que algo havia acontecido olhando em meu rosto. Comecei a gritar', disse ela ao jornal local El Tucumano."

Leia o artigo original (em espanhol)

Mais artigos