texas-moody

Promotora paraguaia apresenta denúncia contra suspeito de matar do jornalista Léo Veras

“Após um ano e dois meses do assassinato do jornalista brasileiro Léo Veras, uma nova denúncia foi apresentada pelo Ministério Público do Paraguai. A promotora Alicia Sapriza, do Núcleo de Luta Contra o Crime Organizado, acusou Waldemar Pereira Rivas, conhecido como “Cachorrão”, de associação criminosa e homicídio doloso, e pediu um julgamento. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, 29.abr.2021.

No dia anterior à apresentação da denúncia, Cintia Gonzáles, viúva do jornalista, foi chamada para depor pela primeira vez sobre o assassinato, que ocorreu em 12 de fevereiro de 2020. ‘Estou decepcionada e indignada com a demora da justiça. Somente depois de 1 ano e 2 meses fui chamada para depor’, disse ao Programa Tim Lopes.”

 

Leia o artigo original

More Articles