texas-moody

Colunista é ameaçada após críticar candidato à Presidência do México

A colunista de política Katia D’Artigues, do jornal mexicano El Universal, denunciou ter recebido várias ameaças de morte, contra ela e seu filho, pelo Twitter. A jornalista foi advertida a deixar de criticar o candidato à Presidência Enrique Peña Nieto, do Partido Revolucionário Institucional (PRI), informou o Programa para a Liberdade de Expressão do Centro de Jornalismo e Ética Pública (CEPET).

Membros do PRI, partido que governou o México durante 71 anos, condenaram as ameaças e negaram participação nos ataques contra a colunista, segundo a Artigo 19.

A jornalista, que mora na Cidade de México, apresentou denúncia à Procuradoria de Justiça do Distrito Federal e à Comissão Nacional de Direitos Humanos, de acordo com o CEPET.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos