texas-moody

CPJ entrega à justiça brasileira documento que mostra o país em terceiro lugar na América em ataques contra a imprensa

Por Isabela Fraga

O Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ, na sigla em inglês) entregou um relatório sobre as ameaças à imprensa nos países latino-americanos para o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, nesta quarta-feira, 6 de março, informou o site do STF.

Agora, o poder judiciário brasileiro tem em suas mãos um documento que prova o terceiro lugar ocupado pelo Brasil no índice de impunidade em crimes praticados contra jornalistas na América Latina.

O relatório também chama atenção para a crescente censura judicial sofrida por membros da imprensa durante 2012. O Centro Knight publicou recentemente uma linha do tempo que mostra que, apenas em 2012, o país registrou 16 casos em que os tribunais foram utilizados como instrumentos de censura.

O relatório foi entregue ao ministro Joaquim Barbosa pelo coordenador do programa do CPJ para as Américas Carlos Lauría, que está no Brasil.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog Jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos