texas-moody

Jornalista da Nicarágua deixa o país após receber ameaças de morte

A jornalista Silvia González se viu obrigada não só a deixar o emprego no jornal El Nuevo Día, como sair também da Nicarágua, após receber várias ameaças de morte desde 30 de julho, informou o diário.

Para González, as ameaças podem estar relacionadas à publicação, em janeiro, de matérias sobre um ex-guerrilheiro de Contra que recebeu armas dos Estados Unidos, segundo a Repórteres Sem Fronteiras.

Segundo o analista político Carlos Tunnermann, a liberdade de expressão é limitada na Nicarágua, pois o governo não anuncia em veículos independentes e exclui jornalistas desses veículos das coletivas de imprensa, acrescentou o El Nuevo Día.

Embora tenha denunciado as ameaças à polícia, a jornalista não recebeu a devida proteção.

A seguir, veja um vídeo da coletiva de imprensa convocada pela jornalista em 5 de agosto de 2011 para denunciar as ameaças de morte:

Mais artigos