texas-moody

Justiça condena a 18 anos de prisão acusado de envolvimento no assassinato de jornalista no Maranhão

  • By Guest
  • 18 April, 2016

Por Giovana Sanchez

A Justiça brasileira condenou no dia 13 de abril Marcos Bruno Silva de Oliveira a 18 anos de prisão pela participação no assassinato do jornalista Décio Sá, ocorrido em 2012. Esse é o segundo julgamento de Oliveira, que havia recorrido da sentença e conseguido anulação do caso, no Maranhão.

Segundo o portal G1, "Oliveira é apontado como o motociclista que deu fuga a Jhonathan de Sousa Silva, assassino confesso do jornalista.”

Sá foi assassinado em 23 de abril em São Luiz após denunciar em seu blog um esquema de agiotagem no estado.

O assassino Jhonathan de Sousa Silva está preso - em 2015, a Justiça aumentou sua pena de 25 para 27 anos de prisão. Outras pessoas foram presas relacionadas ao caso, mas não está claro se foram condenados.

Também está preso Gláucio Alencar e seu pai, José de Alencar Miranda.

Sá trabalhou por 17 anos no jornal "O Estado do Maranhão" e, na noite do crime, saiu da redação de noite e foi até um bar, onde aguardava amigos. Lá ele foi surpreendido pelo pistoleiro, que o atingiu com cinco tiros antes de fugir na motocicleta.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles