texas-moody

No México, reforma constitucional transfere apuração de crimes contra jornalistas para a esfera federal

Parlamentares do México aprovaram uma reforma constitucional para permitir que as autoridades federais investiguem crimes contra jornalistas, informou o La Jornada. Em março, o Senado havia aprovado a a transferência para a jurisdição federal dos crimes contra jornalistas, de competência local. Por se tratar de uma reforma constitucional, porém, a medida também precisava da aprovação dos deputados.

Organizações como o Comitê de Direitos Humanos da ONU e a Comissão Interamericana de Direitos Humanos haviam recomendado ao México que fizesse tal reforma, destacou a Artigo 19.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos