texas-moody

Repórteres do Haiti acusam seguranças do presidente do país de agressão

  • By Guest
  • 21 February, 2013

Por Sam Naik

Dois jornalistas haitianos disseram ter sido agredidos por seguranças do presidente do país, Michel Martelly, durante uma visita do mandatário à emissora de rádio RFM, informou o site Defend.HT.

Segundo Watson Phanor, um dos jornalistas agredidos, os seguranças de Martelly atacaram os dois profissionais depois de acusá-los de supostamente divulgar informações falsas sobre agressões cometidas por policiais durante as festas de Carnaval.

O dono da RFM, Rotchild François Jr., pediu a punição dos agressores. O governo negou a agressão.

A denúncia vem após o caso da expulsão de uma equipe da RTVC de um evento no Sans Souci Palace, segundo o jornal Le Nouvelliste. De acordo com um funcionária da RTVC, Martelly considera a emissora"persona non grata" pelo apoio à oposição.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles