texas-moody

América Central e sua 'retórica antimídia', terra hostil para a liberdade de imprensa

"A América Central nunca brilhou por seu compromisso com a liberdade de imprensa, mas nos últimos meses se multiplicaram os casos de prisão de jornalistas, batidas ilegais em redações ou fechamento de emissoras de rádio que incomodam o poder. A France 24 conversou com dois pesos pesados ​​na defesa do jornalismo, a Sociedade Interamericana de Imprensa e a Repórteres Sem Fronteiras, que oferecem suas perspectivas sombrias e lançam vários alertas.

Há países onde, desde que se tenha provas, pode-se escrever e publicar sobre qualquer atividade abusiva dos governantes. Definitivamente, esse não é o caso de vários países da América Central, uma região que se tornou uma ilha onde a crítica é perseguida e punida. A prisão – na sexta-feira passada – de José Rubén Zamora, um dos principais jornalistas da Guatemala, foi uma lembrança disso.

Esta faixa de terra entre a Guatemala e o Panamá está se tornando um dos lugares mais perigosos do mundo para o exercício do jornalismo.”

 

Leia o artigo original

Mais artigos