texas-moody

Jornalistas Alvarez Destiné e Méus Jeanril feridos quando polícia e forças armadas dispersaram protestos no Haiti

  • Fonte: CPJ
  • 10 fevereiro, 2021

“Na tarde de ontem [8 de fevereiro], na área de Champs-des-Mars de Port-au-Prince, a capital, atacantes não identificados dispararam contra [Alvarez] Destiné e [Méus] Jeanril enquanto cobriam protestos pedindo o renúncia do presidente Jovenel Moïse, segundo relatos da mídia e de Jacques Desrosiers, secretário-geral da Associação de Jornalistas Haitianos, um grupo local, que conversou com o CPJ por meio de um aplicativo de mensagens.

Os tiros ocorreram quando membros da Polícia Nacional do Haiti e das Forças Armadas dispararam com munição real para dispersar os manifestantes, segundo informações da imprensa. De acordo com esses relatos, os manifestantes atiraram pedras, mas não dispararam armas.

[...]

Jodel Lessage, comandante em chefe das Forças Armadas do Haiti, emitiu uma declaração negando que membros das Forças Armadas estivessem envolvidos nos tiroteios."

Leia o artigo original (em inglês)

Mais artigos