texas-moody

Juíza condena jornalista nicaraguense Miguel Mora por conspiração

"Uma juíza nicaraguense declarou culpado em 4 de fevereiro de 2022 pelo crime de 'conspiração' o jornalista Miguel Mora, um dos sete candidatos à presidência presos no país há oito meses depois de anunciar sua intenção de disputar o poder do presidente Daniel Ortega, reeleito em novembro para um quarto mandato consecutivo.

O ex-diretor do canal 100% Noticias, ocupado e confiscado pelo governo no final de 2018, foi condenado pelo crime de 'conspiração para minar a integridade nacional' pela juíza Nadia Tardencila, disse a jornalista Lucía Pineda Ubau, que dirige atualmente a emissora de televisão desde o exílio na Costa Rica.

Mora, que já havia sido preso em 2018-2019, é o primeiro dos sete candidatos da oposição presos pelo governo Ortega considerado culpado. Ele foi preso em 20 de junho, como parte de uma onda de prisões que afetou outros 45 líderes políticos, profissionais, empresários, ex-guerrilheiros e ex-diplomatas contrários ao veterano presidente sandinista."

Mora, quien ya había sido encarcelado en 2018-2019, es el primero de los siete precandidatos opositores presos que resulta culpado por el gobierno de Ortega. Fue enviado a prisión el 20 de junio, como parte de una ola de arrestos que afectó a otros 45 líderes políticos, profesionales, empresarios, exguerrilleros y exdiplomáticos opositores al veterano mandatario sandinista".

Leia o artigo original

More Articles