texas-moody

Mais de 400 jornalistas são vítimas do conflito armado na Colômbia: Centro Nacional de Memória

  • Fonte: W Radio
  • 10 fevereiro, 2021

“O Centro Nacional de Memória Histórica revelou que 425 jornalistas foram vítimas durante o confronto armado na Colômbia entre 1958 e 2020. Os maiores atos violentos contra eles foram assassinatos seletivos com 244 comunicadores mortos, seguidos de sequestros (149 registros) e desaparecimentos forçados com 23 vítimas.

[...]

Segundo o Centro de Memória, o momento mais difícil para o jornalismo no contexto do conflito foi entre 1996 e 2003, atingindo seu pico máximo em 1999 (cerca de 40 casos).”

Leia o artigo original em espanhol

Mais artigos