texas-moody

Regulador da Colômbia: interesses econômicos, comerciais e políticos dos canais de TV são o maior risco para o pluralismo informativo

"A Comissão de Regulação das Comunicações (CRC) apresentou os resultados do ''Estudo dos riscos ao pluralismo informativo na televisão aberta colombiana'' para que a mídia televisiva do país e a população tenham recursos para compreender os elementos que implicam um risco à diversidade da informação, algo fundamental para a liberdade de expressão e democracia, assegura a organização.

O relatório é resultado de um estudo realizado pela Sessão de Conteúdos Audiovisuais do CRC, que integra a Agenda Regulatória 2021-2022. O texto delimita o conceito de pluralismo informativo, traça um mapa de riscos e identifica eventos desfavoráveis ​​que podem ter um eventual impacto no pluralismo, como diferenças tecnológicas, de acesso e econômicas."

Leia o artigo original (em espanhol)

 

 

More Articles