texas-moody

Tribunal do Povo vai indiciar governos, buscando justiça para jornalistas assassinados

  • Fonte: CPJ
  • 28 setembro, 2021

"Em um esforço sem precedentes para obter justiça em relação ao assassinato de jornalistas, três importantes grupos de liberdade de imprensa estabeleceram um Tribunal do Povo para investigar seus assassinatos e responsabilizar os governos. O Tribunal, uma forma de justiça popular, vai se apoiar em investigações e análise jurídicas de alta qualidade envolvendo casos específicos em três países. Uma audiência de abertura será realizada em 2 de novembro em Haia.

[...]

Em um grande impulso para a justiça, as principais organizações de liberdade de imprensa Free Press Unlimited (FPU), Repórteres sem Fronteiras (RSF) e o Comitê para a Proteção de Jornalistas (CPJ) solicitaram que o Tribunal Popular Permanente convocasse um Tribunal Popular sobre o Assassinato de Jornalistas. Os Tribunais do Povo são projetados para responsabilizar os estados por violações do direito internacional, ao conscientizar o público e ao gerar um registro de evidências legítimas, e desempenham um papel importante no empoderamento das vítimas e no registro de suas histórias. O Tribunal do Povo sobre o Assassinato de Jornalistas indiciará os governos do Sri Lanka, México e Síria por não terem feito justiça pelos assassinatos de Lasantha Wickramatunga, Miguel Ángel López Velasco e Nabil Al-Sharbaji."

Leia o release original (Inglês)

Mais artigos