texas-moody

Assessoria de imprensa de político de oposição é agredida na Venezuela

A jornalista María Fernanda Soledad e o fotógrafo Jesús Urea, membros da assessoria de imprensa do pré-candidato à prefeitura de Caracas Antonio Ecarri, foram agredidos por policiais municipais em 30 de novembro, informou a organização Intercâmbio Internacional pela Liberdade de Expressão (IFEX, na sigla em inglês) nesta quarta-feira, 7 de novembro.

A jornalista contou que foi empurrada e xingada e seu companheiro foi agredido e recebeu eletrochoques, de acordo com o Instituto Imprensa e Sociedade (IPYS). O fotógrafo também teve sua máquina e seu cartão de memória apreendidos pelos policiais. A equipe foi mantida em uma delegacia por 4 horas e solta após a intervenção do pré-candidato.

Soledad e Urea cobriam uma denúncia que moradores do bairro El Silencio apresentaram junto à Controladoria Social. A polícia identificou os jornalistas como "grupos de oposição" e os atacou, segundo o IPYS.

Mais artigos