texas-moody

César López Linares

César López Linares began his career at the Mexican newspaper REFORMA as an entertainment and media co-editor. He has written for publications such as TODO Austin, Texas Music Magazine and The Austin Chronicle. César has a Master's degree in Journalism from the University of Texas at Austin and a Bachelors degree in Communication from the National Autonomous University of Mexico. He previously wrote about innovation in journalism for the Gabo Foundation in Colombia and currently reports for the Knight Center's LatAmJournalism Review digital magazine. A native of Mexico City, César has become a digital nomad combining content creation with his passion for travel.
________
César López Linares inició su carrera en el diario mexicano REFORMA como coeditor de entretenimiento y medios. Ha escrito para publicaciones como TODO Austin, Texas Music Magazine y The Austin Chronicle. César tiene una Maestría en Periodismo de la Universidad de Texas en Austin y una Licenciatura en Comunicación de la Universidad Nacional Autónoma de México. Previamente escribió sobre innovación en periodismo para la Fundación Gabo en Colombia y actualmente escribe para la revista digital LatAmJournalism Review del Centro Knight. Originario de la Ciudad de México, César se ha convertido en un nómada digital que combina la creación de contenido con su pasión por viajar.
_________
César López Linares começou sua carreira no jornal mexicano REFORMA como coeditor de entretenimento e mídia. Ele escreveu para publicações como TODO Austin, Texas Music Magazine e The Austin Chronicle. César tem mestrado em jornalismo pela University of Texas em Austin e é bacharel em comunicação pela Universidad Nacional Autónoma de México. Antes disso, ele escreveu sobre inovação no jornalismo para a Fundação Gabo na Colômbia. Atualmente escreve para a revista digital LatAmJournalism Review do Centro Knight. Nascido na Cidade do México, César se tornou um nômade digital combinando a criação de conteúdo com sua paixão por viagens.

Artigos recentes

Organizações para liberdade de imprensa destacam panorama obscuro para jornalismo na América Latina

O ano de 2016 foi crítico para o exercício do jornalismo no mundo, segundo três organizações internacionais promotoras da liberdade de expressão e de imprensa em seus relatórios anuais, divulgados neste semana.

SembraMedia revela crescimento da mídia digital na América Latina, mas meios ainda enfrentam muitos desafios

As mulheres são líderes em mais de 60% dos sites de mídia digital na América Latina.

Site de notícias venezuelano faz sucesso com vídeo no Periscope enquanto muitos migram para o Facebook Live

Quando o Periscope foi lançado em março de 2015, veículos impressos e digitais viram a oportunidade de cobrir eventos ao vivo e em tempo real, uma área antes dominada pelas empresas de televisão.

Investigações sem fronteiras: jornalistas latino-americanos inovam em projetos transnacionais

Em 3 de abril de 2016, os Panama Papers foram publicados, uma investigação que envolveu 370 jornalistas de 76 países –incluindo 96 jornalistas de 15 nações latino-americanas–, que descobriram uma rede de evasão de impostos e criação de empresas em paraísos fiscais por parte de empresários e líderes de todo o mundo.

Rádios tradicionais enfrentam nova concorrência na América Latina: os podcasts de veículos nativos digitais

Quando se está preso no trânsito na hora do rush, há poucas opções para desestressar. O mais comum era ligar o rádio e se distrair escutando música, um noticiário ou um programa de auditório. Atualmente, no entanto, as rádios tradicionais enfrentam uma nova concorrência: cada vez mais pessoas ligam seu smartphone para ouvir o seu podcast favorito no som do carro.

Com vídeos curtos, menos texto e muito humor, sites latino-americanos buscam fórmula para atrair os 'millennials'

Millennials cresceram ao lado da internet e consumem notícias e informações de forma diferente das gerações anteriores. Como em outras partes do mundo, os latino-americanos criaram sites de nicho com conteúdo feito para atingir essa população.

O que você faria se fosse presidente? Jornalistas inovadores do Equador lançam um jogo interativo durante a cobertura eleitoral

Os equatorianos compareceram às urnas em 19 de fevereiro para eleger um novo presidente que enfrentará vários desafios, entre eles a redução de um enorme déficit fiscal.

Na era dos tweets curtos, meios latino-americanos lançam projetos digitais inovadores de jornalismo long-form

Adam Silver, o comissionado da NBA, disse no início de 2017 que estava considerando reduzir o tempo dos jogos de basquete, por causa da cada vez mais curta capacidade de atenção do público, especialmente entre os chamados “millenials”.

Como usar Facebook Live no jornalismo para maior interatividade com os usuários: lições da mídia em espanhol

Quando o cantor de ranchera Pedro Infante morreu em abril de 1957, a recém-nascida televisão mexicana transmitiu seu funeral ao vivo, com imagens em preto e branco que mostravam a multidão seguindo o cortejo fúnebre pelas ruas da Cidade do México. Aquela se tornaria uma transmissão de televisão histórica naquele país.

Jornalistas usam ferramentas digitais para criar mapas interativos de massacres na Colômbia

Na madrugada do dia 5 de maio de 1996, Gustavo Díaz, um comerciante do porto Turbo, em Urabá, Colombia, perdeu tudo. Sua esposa e duas de suas filhas foram assassinadas e queimadas junto com a sua loja por guerrilheiros das Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colombia (FARC), em um dos mais de 2 mil massacres ocorridos no país desde 1982.