texas-moody

Cinegrafista é algemado ao vivo ao filmar acidente com viatura da polícia em Goiás

  • Por Guest
  • 13 agosto, 2012

Por Isabela Fraga

Um repórter cinematográfico foi preso e algemado por um policial quando filmava um acidente que envolveu uma viatura da polícia militar e deixou cinco feridos em Goiânia, na quinta-fera, 9 de agosto, informou o portal G1. O cinegrafista trabalha para a emissora de televisão da TV Goiânia, afiliada da Band no estado de Goiás.

Segundo o site Alerta Notícias, o cinegrafista Marco Antônio Tavares captava imagens para o programa Chumbo Grosso e havia sido autorizado a se aproximar do carro capotado, mas um tenente da polícia impediu a gravação e algemou o jornalista ao vivo.

No momento da prisão, o apresentador do programa conversava por telefone com o chefe de comunicação da PM, coronel Anésio Barbosa Júnior. Ao ver as imagens do cinegrafista preso, o apresentador questionou o coronel, que por sua vez afirmou que faria uma ligação para apurar o acontecimento, noticiou a Band.

A Polícia Militar alegou que o cinegrafista ultrapassou o cordão de isolamento em torno do local do acidente, e não atendeu aos pedidos dos policiais para se afastar, reportou o G1. O repórter, no entanto, disse em entrevista ao portal ter sido autorizado por um dos policiais a chegar mais perto da viatura capotada.

Uma reportagem em vídeo da TV Goiânia mostra as imagens do cinegrafista algemado. O jornalista foi liberado após ser levado à delegacia e prestar esclarecimentos.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos