texas-moody

Corregedoria investiga agressão policial a jornalistas na Costa Rica

  • Por Guest
  • 18 janeiro, 2011

Por Ingrid Bachmann

A corregedoria da polícia da Costa Rica vai investigar uma denúncia de agressão a jornalistas de TV por homens do Grupo de Apoio Operacional (GAO) da Força Pública, informou a Notimex. A investigação deve durar entre dois e seis meses e poderá levar à demissão dos policiais.

Imagens divulgadas pelo Canal 7 (Teletica) mostram policiais derrubando e golpeando um assistente de câmera, que ficou com o nariz sangrando. Segundo a emissora, um cinegrafista do Canal 6 (Repretel) também foi agredido com um bastão metálico.

A agressão ocorreu no dia 30 de dezembro de 2010, quando equipes das duas emissoras registravam uma operação policial em um bairro na periferia de San José, informou o La Nación. Juan José Andrade, diretor da Força Pública, chamou de “abusiva e desmedida” a atuação dos policiais.

Andrade também disse que serão aplicadas punições severas e que não se descarta a demissão dos homens envolvidos no incidente, acrescentou a Notimex.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos