texas-moody

Explosão de bomba destrói emissora de rádio em Alagoas

Por Isabela Fraga

Na madrugada da quinta-feira, 13 de setembro, dois homens invadiram o prédio da Rádio Farol, no município de União dos Palmares (Alagoas), e deixaram uma bomba que explodiu e destruiu o estúdio da emissora, noticiou o jornal Tribuna Hoje.

Segundo o jornal Gazeta de Alagoas, o atentado aconteceu um dia após a divulgação do áudio de uma conversa entre o atual prefeito da cidade, Areski de Freitas, e o ex-governador de Alagoas, Manoel Gomes de Barros -- candidato a prefeitos nas eleições que acontecem em outubro. Não à toa, a rádio tem uma postura de oposição à gestão do atual prefeito e seu grupo, informou o site da revista Exame.

Com a explosão, o teto da emissora, que funciona no primeiro andar de um prédio comercial no centro da cidade, desabou, destruindo todos os equipamentos e deixando rádio fora do ar, noticiou o site Alagoas em Tempo Real. Não havia ninguém no estúdio no momento do ataque e, por isso, não houve feridos.

Segundo a polícia militar de União dos Palmares, câmeras de segurança de lojas em frente à rádio podem ter gravado a entrada dos criminosos no prédio, reportou o site Alagoas 24 Horas. A polícia não descarta a possibilidade de motivação política, mas afirma que ainda investigará o caso, noticiou o site Tribuna União.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog Jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles