texas-moody

Jornalista é espancado por médico em Rondônia

Por Isabela Fraga

Um jornalista de um site de notícias foi agredido com garrafadas e chutes na madrugada de sábado, 1 de setembro, por um médico lutador de jiu-jitsu que afirmava ter sido prejudicado por uma matéria do repórter, noticiou o jornal Gazeta de Rondônia.

Rubens Coutinho, o jornalista agredido, é diretor do jornal digital Tudo Rondônia, que havia divulgado uma notícia sobre um surto do médico Sérgio Melo, diretor de um hospital da região e autor da agressão. Após a reportagem, o médico foi exonerado.

Segundo o site Rondônia Agora, o jornalista já havia sido ameaçado pelo médico em outras ocasiões. O Sindicado dos Jornalistas (Sinjor) publicou uma nota pedindo às autoridades de Rondônia "necessárias providências" para que o agressor seja punido, noticiou o site Rondônia Dinâmica.

Em 10 anos, 2012 já é considerado o ano mais perigoso para jornalistas brasileiros, quando sete jornalistas foram assassinados no país. Uma pesquisa do International News Safety Institute (INSI) também colocou o Brasil entre os cinco piores países para jornalistas no primeiro semestre deste ano -- ao lado de Nigéria, Somália, Indonésia e México.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog Jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos