texas-moody

Jornalista tem sua câmera fotográfica roubada e sofre agressões na Bolívia

Um jornalista boliviano denunciou agressões físicas e o roubo de sua câmera fotográfica enquanto cobria um protesto de pais de família na quinta-feira, 11 de agosto, de acordo com a organização Intercâmbio Internacional pela Liberdade de Expressão (IFEX).

O jornalista Eleuterio Choque da rádio Atipiri, transmitida na cidade de El Alto, próxima à capital boliviana, narrou que os manifestantes arrancaram sua câmera quando ele fotografava o momento em que os pais lançavam pedras e abriam a força a porta principal da prefeitura local para exigir merenda escolar de melhor qualidade.

Outros repórteres nesta cidade também relatam ameaças constantes por partidários do prefeito Edgar Patana, de acordo com IFEX.

A Federação de Trabalhadores da Imprensa de El Alto (FTPEA) e Radio Atipiri solicitaram a devolução da câmera.

More Articles