texas-moody

Rádio França Internacional rechaça críticas de Chávez a uma de suas jornalistas

  • By Guest
  • 28 September, 2010

Por Ingrid Bachmann

O grupo de comunicação Rádio França Internacional (RFI) saiu em defesa de sua correspondente em Caracas, a jornalista Andreína Flores, chamada de ignorante pelo presidente venezuelano Hugo Chávez e acusada por ele de querer manipular informações durante a conferência de imprensa, reportou o jornal El Universal.

Segundo a agência Europa Press, a jornalista, que também é correspondente do grupo colombiano REC, deixou o presidente em uma saia justa ao pedir que ele explicasse por que o partido obteve 37 deputados a mais que a oposição nas eleições do domingo passado, dado que a diferença de votos foi só de 100 mil, e se isso daria razão àqueles que criticam uma manipulação do processo eleitoral.

Como resposta, Chávez lançou duras críticas à repórter. “Parece que você ignora totalmente o que se passou aqui, como se vivesse na lua”, disse Chávez, que também acusou a rádio francesa de “transmitir mentiras descaradamente”, acrescenta o jornal El Observador

Em um comunicado, o grupo RFI respondeu ao presidente que suas informações relativas à Venezuela são destinadas a um grupo internacional e que seus jornalistas são pautados pela ética. “Se o senhor desejar, presidente, o RFI lhe convida a falar em nossos microfones, numa entrevista marcada”, o comunicado conclui.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles