texas-moody

Liberdade de Imprensa

FeaturedVocesEnLibertad

Voces en Libertad se torna site guarda-chuva para a imprensa independente da Nicarágua, afirmam fundadores

A plataforma jornalística Voces en Libertad foi criada para combater a censura do presidente nicaraguense Daniel Ortega e para gerar as condições para que o jornalismo colaborativo ajude os meios de comunicação independentes a seguir informando e contando as histórias da Nicarágua.

Featured LeyElSalvador

Lei de Agentes Estrangeiros de El Salvador sufocaria meios jornalísticos independentes e organizações de direitos humanos, dizem críticos

A Assembleia Legislativa de El Salvador deve aprovar a Lei dos Agentes Estrangeiros, que imporia um imposto de 40% sobre todas as transações financeiras de organizações sociais e jornalísticas no país, em sua maioria críticas e independentes, que recebem recursos do exterior

FEATURED IMAGE ForoCap

Fórum Centro-Americano de Jornalismo é realizado em meio a casos de assédio e perseguição à imprensa

“Gostaria de ver este fórum como uma oportunidade para refletir sobre nossa situação, para iniciar uma conversa que nos leve a enfrentar juntos, mais organizados e acompanhados, a onda de ataques orquestrados ao jornalismo centro-americano de cada um de nossos governos. Juntos, organizados, vamos resistir melhor ”, disse o jornalista Carlos Dada no Fórum de Jornalismo da América Central.

Jornalistas em Cuba são sitiados, intimidados e vigiados para evitar a cobertura dos protestos de 15 de novembro

Os comunicadores enfrentaram prisão domiciliar extrajudicial, intimações, suspensão de serviços e retirada de credenciamentos dias antes dos protestos de 15 de novembro.

José Rubén Zamora - Guatemala

'Na Guatemala, não há freios e contrapesos institucionais’, diz jornalista José Rubén Zamora após denúncia de perseguição

O jornalista guatemalteco José Rubén Zamora, diretor e fundador do elPeriódico, denunciou publicamente o que chamou de ações de assédio judicial pelo governo contra ele e seu meio de comunicação, devido a sua linha editorial crítica.

Faça mais e melhor jornalismo para defender a democracia em meio a governos autoritários, dizem palestrantes de webinar

Jornalistas de Honduras, El Salvador, Nicarágua e Venezuela falaram em um painel do webinar "Jornalismo em tempos de polarização e desinformação na América Latina". O painel explorou a liberdade de imprensa em países que enfrentam governos autoritários em ascensão e como eles estão sendo capazes de continuar fazendo jornalismo.

FEATURED IMAGE Polarization Panel

Trabalhar em conjunto, se ater aos fatos e checar são as melhores estratégias para jornalistas alvos de polarização

Em sociedades polarizadas, jornalistas que se tornam alvos de ataques de políticos populistas e seus apoiadores têm que ajudar uns aos outros, reportar apenas fatos checados e contar histórias aprofundadas, concluiram os palestrantes do painel “Polarização: Desafios para jornalistas que se tornam alvos em sociedades polarizadas”, que fez parte do webinar “Jornalismo em Tempos de Polarização e Desinformação na América Latina”,

Nicaraguan flag and election box

Em ano de eleições presidenciais, governo da Nicarágua reprime a imprensa independente

No ano da eleição presidencial da Nicarágua, que ocorre em 7 de novembro, o presidente Daniel Ortega implementou limitações cada vez mais rígidas à liberdade de imprensa – uma movimentação que, segundo os críticos, faz parte de uma campanha de anos para silenciar a oposição política de Ortega.

Featured Image Press Freedom Index

Argentina, México e Brasil têm os piores retrocessos no índice de liberdade de imprensa da SIP

A mais recente edição do Índice Chapultepec de Liberdade de Imprensa e de Expressão nas Américas, da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP, na sigla em espanhol), registrou uma melhoria de 4,2 pontos na média dos 22 países avaliados no continente. O panorama geral mais positivo vem com resultados ruins de três dos maiores países da região, Argentina, México e Brasil, que foram os que perderam mais pontos no ranking.

Claudia Julieta Duque (Twitter)

Organização colombiana de liberdade de imprensa alerta sobre coleta de dados confidenciais de jornalista em situação de risco

A FLIP, da Colômbia, denunciou que a organização encarregada de proteger a jornalista Claudia Julieta Duque coletou dados sigilosos da repórter por meio do monitoramento detalhado do GPS instalado em seu veículo, fornecido como parte de um esquema de proteção.