texas-moody

Liberdade de Imprensa

Día Mundial de la Libertad de Prensa 2021

No Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, diretora da UNESCO fala com a LJR e pede esforços para empoderar indivíduos a pensar criticamente sobre origem das informações online

A LJR conversou com a Diretora-Geral da UNESCO Audrey Azoulay sobre os avanços dos últimos anos, a situação dos jornalistas no continente americano e a aliança da organização com o Centro Knight na busca de fortalecer o jornalismo e a reportagem.

Featured Image Marty Baron

Editor americano Marty Baron promete defender imprensa latino-americana ao receber Grande Prêmio Chapultepec

Ao receber o Grande Prêmio de Chapultepec 2021, o editor Marty Baron reconheceu não apenas seu próprio objetivo de lutar por uma imprensa independente para garantir a democracia, mas as batalhas travadas por seus colegas latino-americanos para fazer o mesmo.

Miguel Henrique Otero diz que vai levar caso do El Nacional para instâncias internacionais após sentença de US$ 13 milhões contra o jornal

Em 16 de abril, um tribunal supremo venezuelano condenou o El Nacional a pagar uma indenização ao vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Diosdado Cabello, considerado o número dois do chavismo, por danos morais e difamação.

Mapa mostra situação global da liberdade de imprensa. Fonte: RSF

Países da América Latina perdem posições no ranking mundial de liberdade de imprensa

O ranking mundial de liberdade de imprensa da ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF) confirmou uma tendência percebida na América Latina: uma piora geral nas condições para o exercício do jornalismo no continente. Dos 24 países da região analisados, 19 perderam pontos no levantamento da RSF.

Featured Image Vaccines for journalists

Na região mais letal para jornalistas devido ao COVID-19, sindicatos latino-americanos pedem aos governos que vacinem jornalistas

Dsindicatos jornalísticos dos países latino-americanos têm pedido a seus governos que reconheçam o jornalismo como uma troca necessária de informações durante a pandemia. A América Latina é a região mais letal do mundo para jornalistas em termos de mortes por COVID-19.

Tribute to those killed during citizen protests in Nicaragua April 2018

Nicarágua completa três anos em crise, e jornalistas contam como é trabalhar sob repressão do regime

As manifestações são um marco no país, porque, depois delas, o regime nicaraguense e apoiadores do partido governista, a Frente Sandinista de Libertação Nacional, se voltaram contra a imprensa e opositores. 

Duas associações de jornalistas brasileiros lançam iniciativas contra assédio judicial

A Associação Brasileira de Imprensa entrou com duas ações no Supremo Tribunal Federal para conter o uso abusivo de ações judiciais contra jornalistas. Já a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo lançou um programa para dar apoio jurídico a jornalistas independentes alvos de processos.

Featured Image Kenton Chance

Jornalistas em São Vicente, no Caribe, lutam contra cinzas e recursos limitados para cobrir erupção histórica de vulcão em plena pandemia

Jornalistas na ilha caribenha de São Vicente, de 389 km², estão mostrando como os moradores estão lutando com as erupções contínuas de La Soufrière, cinzas caídas, evacuações, escassez de água e danos a casas em meio a uma pandemia global.

Featured Image Antony Blinken

Relatório do Departamento de Estado dos EUA sobre direitos humanos e liberdade de imprensa em todo o mundo atrai a ira de alguns líderes latino-americanos

Os governos de vários países latino-americanos contra-atacaram depois que o Departamento de Estado dos EUA divulgou seu relatório sobre as práticas de direitos humanos em todo o mundo, incluindo comentários sobre a liberdade de expressão e de imprensa. No entanto, grupos de liberdade de imprensa e jornalismo comemoram a divulgação em países criticados por ataques e restrições a jornalistas.

Featured Image press conference

Entrevistas coletivas sem perguntas: com a pandemia, a tendência ganhou força na América Latina e no Caribe

Com as normas de distanciamento social, o controle sobre quem faz perguntas aumentou na América Latina e no Caribe – isso quando as perguntas chegam a ser feitas.