texas-moody

México: Artigo 19 condena áudios em que ex-governador sugere 'jornalistas famintos até a morte'

"A ARTIGO 19 rejeita categoricamente as declarações de Alejandro Moreno Cárdenas, atual presidente do Partido Revolucionário Institucional (PRI), contra a imprensa. As declarações apontam para a relação de violência e submissão que prevalece entre as autoridades políticas e a imprensa, bem como uma intolerância à crítica e ao escrutínio público.

Em 24 de maio, foi publicado um áudio nas redes sociais, no qual Moreno Cárdenas é ouvido – presumivelmente durante seu mandato como governador do Estado de Campeche – dizendo que atacaria verbalmente o empresário Alexandro Arceo e onde ataca a imprensa, usando a precariedade como uma arma de censura:

'[…] jornalistas não devem ser mortos a tiros, cara, eles devem morrer de fome.'"

Leia o artigo original (em espanhol)

Mais artigos