texas-moody

Katherine Pennacchio

Katherine Pennacchio is a Venezuelan journalist. She has developed her career as part of media and non-governmental organizations. She co-founded Vendata.org, an innovative project for the liberation of information and publication of open data in Venezuela. She was also part of the team of the investigative journalism site, Armando.info, and of Runrun.es, where she participated in large-scale investigations such as the Panama Papers. Katherine has a master's degree in Investigative, Data and Visualization Journalism from the Editorial Unit and the Rey Juan Carlos University of Madrid and she is passionate about data analytics. She currently works as a freelancer.
______

Katherine Pennacchio es una periodista venezolana. Ella ha desarrollado su trayectoria entre medios de comunicación y organizaciones no gubernamentales. Co-fundó Vendata.org, un proyecto innovador de liberación de información y publicación de datos abiertos en Venezuela. También fue parte del equipo del portal especializado en periodismo de investigación, Armando.info y de Runrun.es, donde participó en investigaciones de envergadura como los Papeles de Panamá. Katherine tiene una maestría en Periodismo de Investigación, Datos y Visualización de la Unidad Editorial y la Universidad Rey Juan Carlos de Madrid y es una apasionada del análisis de datos. Actualmente trabaja como independiente .

Artigos recentes

Cuba flag and mallet justice

4 coisas que você deve saber sobre a nova Lei de Comunicação Social de Cuba

O regime cubano converteu em lei um projeto que visa regulamentar o sistema de mídia social na ilha e continuar restringindo a liberdade de expressão dos meios de comunicação independentes. A LJR apresenta os itens mais importantes da nova lei que aperta ainda mais a censura em Cuba.

Jornalistas latino-americanos discutem desafios atuais e oportunidades para a profissão na RightsCon 2023

Três painéis foram dedicados à liberdade de imprensa na 12ª edição da importante conferência sobre direitos humanos e tecnologia RightsCon, realizada este ano na Costa Rica. Jornalistas da América Central e do restante da América Latina discutiram as dificuldades e oportunidades do setor. A LJR conta aqui o que foi abordado.

color bubbles floating on a blue background

Confiança nas notícias enfraquece e TikTok ganha terreno, revela relatório anual do Instituto Reuters

O Digital News Report 2023 revela um declínio no interesse por notícias na América Latina e no mundo, bem como um crescimento no uso de plataformas como o TikTok para obter informações. A LatAm Journalism Review (LJR) resume as descobertas sobre o consumo de notícias em Argentina, Peru, Chile, Colômbia, México e Brasil.

error message when you try to visit a website

Site independente venezuelano lança coleção de NFTs inspirada na censura digital que sofre

Seguindo sua tradição de inovação, o meio independente venezuelano Efecto Cocuyo lançou uma coleção de NFTs, usando a tecnologia de blockchain para arrecadar fundos e denunciar a censura digital que seus jornalistas sofrem na Venezuela. A coleção contém 489 imagens que representam os dias em que o site está bloqueado no país.

landscape with windmills and journalists

Programa de mentoria do Climate Tracker apoia jornalismo ambiental na América Latina em tempos de mudança climática

Em maio, teve início um novo ciclo do Programa de Mentoria em Jornalismo Climático do Climate Tracker, que busca reunir jornalistas da América Latina e do Caribe para a produção de reportagens climáticas, com foco especial em uma transição energética justa. A LatAm Journalism Review (LJR) conversou com editores e ex-bolsistas do programa para saber mais sobre a iniciativa.

a journalist holding a notebook, camara and recording

Também migrantes, jornalistas venezuelanos passam a cobrir a imigração em seus países de acolhimento

Jornalistas venezuelanos no Equador, Peru e Estados Unidos falam à LatAm Journalism Review (LJR) sobre a sua experiência como jornalistas especializados em migração e dão conselhos para melhorar a situação de estigmatização dos imigrantes na mídia. Eles também explicam as vantagens, desvantagens e custos emocionais de contar as histórias com que se deparam.

an woman avatar of a news anchor

Meios de comunicação, faculdades e governos da América Latina experimentam a criação de apresentadores de TV virtuais usando inteligência artificial

O Grupo Fórmula, no México, o regime de Nicolás Maduro, na Venezuela, e a Faculdade de Letras da Universidad Nacional Mayor de San Marcos, no Peru, criaram recentemente apresentadoras de TV usando inteligência artificial. A LatAm Journalism Review (LJR) explica os bastidores de cada iniciativa e conversa com seus criadores.

hand with pen tied to a rope, depicting the idea of freedom of the press

2022 foi o ano mais violento para a imprensa na América Latina, mostra relatório da Voces del Sur; Repórteres Sem Fronteiras também aponta deterioração

No âmbito do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, as organizações Voces Del Sur e Repórteres Sem Fronteiras apresentam relatórios anuais sobre violações da liberdade de expressão, liberdade de imprensa e acesso à informação na América Latina. 2022 foi um ano violento na região, com 31 assassinatos e quase 2 mil ataques contra jornalistas.

a young man smiling and holding two books

'Como jornalistas, não podemos permitir que o rancor nos atrapalhe e nos impeça de fazer nosso trabalho honestamente': jornalista nicaraguense Carlos Salinas Maldonado

A LatAm Journalism Review (LJR) conversa com o jornalista nicaraguense Carlos Salinas Maldonado sobre a publicação de "¡Yo soy la mujer del comandante!: Rosario Murillo, la eternamente leal", um livro de realidade ficcionalizada sobre a atual vice-presidenta da Nicarágua e esposa do presidente Daniel Ortega. O jornalista também fala sobre a dor do exílio e seus planos para o futuro.

five people on a stage

Editores de opinião de quatro grandes jornais dos EUA falam sobre o futuro dessas seções, seu público e novos formatos no ISOJ 2023

No terceiro painel no dia de abertura do 24º Simpósio Internacional de Jornalismo Online (ISOJ), redatores e editores de opinião dos jornais Miami Herald, Boston Globe, San Francisco Chronicle e The New York Times discutem o processo editorial e o futuro dessas seções.