texas-moody

Knight Center

Artigos recentes

Organizações denunciam clima de medo para a imprensa na cobertura da campanha eleitoral na Guatemala

Depois de ser agredida e ter a mandíbula fraturada, Susana Morazán recebeu uma ameaça: “pare de falar mal do governo”. O fato ocorreu no último dia 19 de janeiro, quando dois homens em motocicletas interceptaram a apresentadora da TV Azteca Guatemala em seu carro, de acordo com Prensa Libre.

Centenas de juízes e advogados mexicanos participam de MOOC sobre liberdade de expressão oferecido pela UNESCO e o Centro Knight

Cerca de mil juízes, advogados e outros operadores de justiça mexicanos participaram no curso online sobre temas relacionados à liberdade de expressão e segurança de jornalistas oferecido pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas em parceria com a UNESCO e em cooperação próxima com o Escritório da UNESCO no México.​

Seis alunos do MOOC sobre jornalismo móvel ganham bolsa para conferências na Universidade do Texas

Faro jornalístico, criatividade e um smartphone. Essas foram as ferramentas usadas pelos vencedores do concurso que vai levar seis alunos do curso online, massivo e aberto (ou MOOC, na sigla em inglês) sobre jornalismo móvel para participar do Simpósio Internacional de Jornalismo Online na Universidade do Texas, em Austin, em abril próximo.

Venda do jornal El Comercio marca momento decisivo para mídia no Equador e gera preocupação

Depois de mais de um século nas mãos da família Mantilla, um dos jornais mais antigos e tradicionais do Equador - El Comercio - foi vendido para o magnata da mídia latino-americana Remigio Ángel González, um mexicano que lançou seu império de TV na Guatemala e é conhecido por evitar o conflito editorial com governos.

Novo site 'Sin Etiquetas' promove jornalismo sem homofobia na América Latina

O site Sin Etiquetas ("Sem Rótulos", em português)  foi lançado recentemente com o objetivo de promover um jornalismo sem homofobia na América Latina.

Honduras desafia Comissão Interamericana e proíbe jornalista de trabalhar por 16 meses

Honduras desafiou a Comissão Interamericana de Direitos Humanos e decidiu manter a ordem de suspender a permissão de trabalho do jornalista Julio Ernesto Alvarado por 16 meses.

FOPEA anuncia prêmios de jornalismo investigativo na Argentina

O Fórum de Jornalismo Argentino (FOPEA) anunciou o lançamento de uma série anual de prêmios de jornalismo de investigação na Argentina em meio ao que a organização qualificou como um "clima insuportável de ameaça, perseguições e más condições de trabalho que pesa sobre a profissão".

México, Colômbia e Brasil lideram ranking de impunidade em mortes de jornalistas nas Américas

A impunidade em assassinatos de jornalistas não é novidade na América Latina. Na última década, o Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ) relatou 72 casos de jornalistas mortos em virtude de seus trabalhos. Cerca de 78% deles continuam impunes parcial ou totalmente. Mas no México, na Colômbia e no Brasil, os níveis de impunidade ultrapassaram os de outros países de América Latina, segundo o CPJ’s Índice de Impunidade Global de 2014 do CPJ. 

Governo equatoriano quer alterar a Constituição do país para aumentar o controle sobre a mídia privada

Uma votação que está por vir e pode alterar as leis que regem os meios de comunicação no Equador tem alimentado temores no país de que o fim da imprensa livre esteja próximo. 

Em audiência da OEA, jornalistas venezuelanos denunciam censura à mídia

Em uma audiência perante a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (IACHR), um grupo de jornalistas venezuelanos, membros de sindicatos e organizações sociais locais denunciaram firmemente a censura contra a imprensa em curso na Venezuela.