texas-moody

Chávez condena agressões a jornalistas de veículos de comunicação oficiais na Venezuela

Em clima de disputa eleitoral, o presidente Hugo Chávez condenou neste sábado, 24 de março, supostas agressões cometidas por opositores a comunicadores do Sistema Nacional de Meios Públicos (SNMP) , informou o portal da Assembleia Nacional.

Entre os denúncias de agressão está a do apresentador da Venezolana de Televisión (VTV) Pedro Carvajalino, que teria sido golpeado por um representante da Mesa de la Unidad Democrática, uma coalizão de partidos de oposição à Chávez, enquanto cobria um evento em Caracas, de acordo com o site oficial Radio Mundial. O episódio foi registrado em vídeo (veja abaixo).

As jornalistas Carolina Zapata, correspondente da mesma emissora no estado de Táchira, e Llafrancis Colina, diretora de informação do canal Ávila TV, também teriam sido alvos da violência de seguidores do candidato à presidência Henrique Capriles Radonski durante a cobertura de atos de campanha do opositor na semana passada, de acordo com a ONG Espacio Publico e o site Ciudad CCS.

Organizações internacionais demonstraram preocupação com o clima de hostilidade à imprensa, promovido por governistas e opositores, e o silenciamento da mídia, com a censura imposta na cobertura de uma suposta contaminação da água potável, em vésperas de eleições no país.

Mais artigos