texas-moody

Jornalista brasileiro é baleado na porta de sua casa em Rondônia; polícia investiga motivação

Por Giovana Sanchez

O jornalista Ivan Pereira Costa foi baleado na porta de sua casa em Cujubim, Rondônia. Sua esposa, a também jornalista Ediléia Santos Silva, disse ao G1 que a tentativa de homicídio pode ter relação com o trabalho do marido.

"Sempre noticiamos os fatos que acontecem nas áreas de conflitos agrários, com trabalhos de investigação, e isso tem incomodado", declarou ela.

O ataque ocorreu no dia 4 de abril, quando Costa estava do lado de fora da casa onde mora, conversando com um vizinho. De acordo com o portal Comunique-se, um homem de moto passou em frente à casa do jornalista em baixa velocidade e disparou cinco vezes. Costa, que é fundador do site Veja Notícias, conseguiu correr para um terreno próximo, mas foi atingido no braço e na barriga. Ele foi levado a um hospital da região, passou por cirurgias e passa bem.

A polícia não identificou o suspeito da tentativa de homicídio, que fugiu. Ainda de acordo com o G1, o jornalista teria dito à polícia que já havia visto o atirador "em meio a grupos ligados a invasões de terras na região".  

A Associação dos Jornais Eletrônicos de Rondônia (Arjore) emitiu uma nota de repúdio ao ataque e pediu empenho da polícia na apuração do caso.

“A imprensa não pode ser calada desta maneira, todos temos o direito a liberdade de expressão, a constituição nos garante esse direito e a violência é um instrumento de repressão", disse o presidente da Arjore, Almi Coelho.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos