texas-moody

Jornalistas mexicanos assinam primeiro protocolo de segurança para cobertura de risco

Associações de jornalistas do México e autoridades de Chihuahua, região na fronteira dos Estados Unidos considerada uma das mais perigosas no mundo para jornalistas por causa da violência relacionada ao tráfico de drogas, assinaram no dia 6 de setembro o primeiro protocolo de segurança para a cobertura de temas considerados de alto risco, informaram o Masnoticias e o Tiempo.

protocolo, que passa a valer esta semana, inclui medidas para melhorar a segurança dos jornalistas e compromissos das autoridades de respeitar a liberdade de expressão e o direito à informação. Além disso, os jornalistas ratificam padrões éticos e o respeito às vítimas da violência.

As recomendações a jornalistas incluem evitar o uso de fontes anônimas e não identificar culpados sem provas concretas.

Veja a versão deste post em espanhol para mais informações sobre o protocolo.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles