texas-moody

Abandono de defesa adia júri popular de assassinato de radialista Valério Luiz pela terceira vez

"A defesa do cartola do Atlético Goianiense Maurício Sampaio abandonou nesta segunda-feira (02.mai.2022) o plenário do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) e causou o terceiro adiamento do tribunal do júri que avaliará a culpa ou inocência dos suspeitos de ter executado o jornalista esportivo e apresentador Valério Luiz de Oliveira há quase dez anos, em 02.jul.2012. O julgamento foi remarcado para 13.jun.2022. Sampaio é indicado pela investigação do Ministério Público como mandante do crime.

A denúncia afirma que o assassinato foi motivado pelas críticas constantes do profissional de imprensa à diretoria do Atlético-GO, que amargou a última colocação do Campeonato Brasileiro de 2012 enquanto parte de seus cartolas constava na lista de investigados da operação da Polícia Federal que prendeu o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Valério Luiz apresentava programas nas emissoras locais Rádio 820 AM e PUC TV Goiás".

Leia o artigo original

Mais artigos